ÚLTIMAS NOTÍCIAS  
19/10/2018
 
..................................................
17/10/2018
 
..................................................
15/10/2018
 
..................................................
 
DIRETORIA :: LEIS
 
  Regulamento Sub 19 Regional Masculino 2008
CAMPEONATO REGIONAL SUB 19 MASCULINO (SUB 19)

     Assuntos DEFINIDOS, reunião: 18/AGOSTO/08 – 19:30 – SEGUNDA

     01.Objetivos: Proporcionar a prática do futebol e revelar atletas , visando a disputa dos Jogos Abertos de SC e outros eventos.

     02. Autorização do pai, mãe ou responsável, conforme modelo.(menor 18)

     03. Atletas nascidos em: 92(16), 91(17), 90(18), 89(19)

     04. Duas etapas com 40 minutos e com 15 de intervalo.

     05. Inscrições atletas: 16 atletas até dia 11/setembro/08, quinta, e completar 25 até 25/setembro/08, quinta, até 17 h.

     06. Cinco substituições. Horário dos jogos: 15:30.

     07. Atletas NÃO PROFISSIONAIS. (Se for profissional deverá reverter categoria)

     08. Documento: Carteira de identidade ou passaporte ou CNH-motorista ORIGINAL.

     09.Turno único Classificatório (3 rodadas) – Sábados, SETEMBRO – 13,20,27, OUTUBRO - 04 Semifinal (partida única) EMPATE , PRORROGAÇÃO 11/OUTUBRO (Final jogo de ida) e 18/OUTUBRO (Final jogo de volta) , EMPATE, PRORROGAÇÃO e o mandatário joga pelo empate na prorrogação.

     11.Critérios de desempate: a) Maior número de vitórias, b) confronto direto, ENTRE DUAS EQUIPES, prevalecendo o saldo de gols entre ambas as equipes, c) menor número de gols sofridos, d) maior número de gols pró, e) maior saldo de gols, f) sorteio público.

     12. Premiação: troféus para campeão e vice, troféu disciplina e 25 medalhas para campeão e vice + medalha p/ artilheiro e goleiro menos vazado. DOADA PELA FUNPEEL.

     13. Arbitragem: trio + delegado da LPD. Taxa custeada pela FUNPEEL – jogos locais.

     14. Bolas em condições de jogo, gandulas, primeiros socorros...

     15. CANELEIRA – uso obrigatório. Proibido chuteira com trava de alumínio/metal.

     16. Proibido uso de brincos, colares, braceletes, anéis ...

     17. Departamento Técnico da LPD expedirá nota oficial ou resolução para a boa e fiel execução do regulamento geral, técnico e disciplinar.

     18. Os casos omissos, dúvidas na interpretação do regulamento serão resolvidos pela diretoria da LPD, baseado no Código Desportivo da FCF, CBJD e Normas Orgânicas do Futebol Brasileiro.

     19. Equipes : 4 = BOTAFOGO, FLORESTA, VERA CRUZ e TUPI.

     21. Cada equipe deverá apresentar uma relação dos atletas com nome completo, data de nascimento (dia/mês/ano) e o número da RG.(identidade).

     22. O Departamento Técnico divulgará a tabela de jogos completa, bem como os assuntos definidos em reunião relacionados à competição.

     23. SETE atletas devidamente inscritos + TÉCNICO, MASSAGISTA e AUXILIAR TÉCNICO, todos obrigatoriamente identificados com documento original com foto, perante o Delegado de Partida podem permanecer no banco de reservas.

     24. Nos jogos finais (ida/volta) serão contratados 2 seguranças pelo mandatário do jogo.

     25. Em caso de semelhança de uniformes, o mandatáriodo jogo, atendendo orientação do árbitro deverá efetuar a troca da camisa.

     26.O atleta que for expulso de campo ou do banco de reservas (cartão vermelho) ficará automaticamente impedido de participar da partida subseqüente deste campeonato.O atleta que for advertido, com a exibição do cartão amarelo, por três vezes, ficará impedido, automaticamente, de participar da partida subseqüente. § 1º Perde a condição de jogo para a partida subseqüente deste campeonato , o atleta advertido pelo árbitro a cada série de três advertências com cartões amarelos, independentemente da seqüência das partidas previstas na tabela da competição.§ 2º O controle da contagem do número de cartões amarelos e vermelhos recebidos pelo atleta é da exclusiva responsabilidade das associações disputantes deste campeonato.

     27.O atleta que, numa mesma partida, receber uma advertência (um cartão amarelo) e, posteriormente, receber a segunda advertência (segundo cartão amarelo), coma exibição também, do cartão vermelho, vindo a ser expulso na mesma partida, ambas as advertências não permanecerão para o cômputo das três advertências (três cartões amarelos), que geram o impedimento automático.

     28. A advertência, com a exibição do cartão amarelo, que for aplicada ao atleta que, posteriormente, for expulso com a exibição direta do cartão vermelho será computada.

     29.Quando um atleta for advertido com um cartão amarelo e, posteriormente, for expulso de campo com a exibição direta de cartão vermelho, aquele cartão amarelo inicial permanecerá em vigor, para o cômputo dos três cartões, que importarão em impedimento automático e, se for o terceiro da série, o atleta será penalizado com dois impedimentos automáticos, sendo um pela seqüência de três cartões amarelos e outro pelo recebimento do cartão vermelho.

     30.Por partida subseqüente se entende a primeira que vier a ser realizada àquela em que se deu a expulsão ou a terceira advertência.

     Os itens 25 a 30 foram acrescidos dia 22 de setembro/08 para melhor esclarecimento aos dirigentes das equipes.

     Qualquer dúvida: 3387 - 0640 à tarde ou 3387 - 3756 com Sr. Rolf Weh.

     Esta síntese do Regulamento está baseada nas regras gerais de futebol, Código Desportivo da FCF, Normas Orgânicas do Futebol Brasileiro e CBJD.

      Depto. Técnico da LPD.

     
     Waldemar Buse
     Presidente da LPD


22/09/2008

Presidência
 
Diretoria
 
Agenda
 
ANUNCIO